Jardim : PM contará com efetivo da Capital e também de municípios vizinhos para a festa de Carnaval

Durante entrevista concedida á Rádio Laguna, na última quinta-feira(8), o Comandante do 11º BPM de Jardim

Tenente Coronel PM Adilson de Paiva Valente, comentou sobre a segurança no período de carnaval. ” Haverá um reforço vindo de Campo Grande e também da região nas outras localidades onde não haverá carnaval, o pessoal virá dar esse apoio no policiamento”, disse o comandante.

Em entrevista ao radialista Aurélio Ramos o militar também falou sobre a importância e a necessidade das fiscalizações nos comércios e também aos vendedores ambulantes evitando assim a comercialização de bebida em garrafas de vidros para coibir ilícitos no evento. ” Tudo que for de vidro potencializa o perigo, aproveito para recomendar, tomem o cuidado de não levar nada em garrafas de vidro, sempre plástico ou lata, esse cuidado a gente precisa ter”, enfatizou Paiva.

Não será permitida a entrada com garrafas e copos de vidros, gelo em barras e objetos que possam se tornar espécie de “arma”, como objetos pontiagudos e pedaços de pau.

Paiva também pontuou o fato do carnaval não ter um cercamento no perímetro onde ocorre a festa, como tapumes, grades para delimitar o local e até mesmo detecção de metal, isso facilitaria o trabalho de fiscalização em caixas de isopores e coolers térmicos. “Ano passado o chefe de segurança contratado pela prefeitura, relatou que no sábado, no primeiro dia teve mais de vinte facas apreendidas pela segurança. Quero deixar bastante claro, a gente vai fiscalizar e se encontrar com qualquer pessoa garrafa de vidro, esse material será apreendido”, finalizou o Tenente Coronel.

A PMMS está com duas campanhas para este Carnaval. A “Carnaval Mais Seguro”, visando a segurança dos foliões e “Não é Não e Ponto”, uma iniciativa no combate ao crime de importunação sexual, promovendo o respeito não somente no Carnaval, mas durante todo o ano.