Garotas de programa são presas com maconha e skunk na rodoviária

Garotas de programa são presas com maconha e skunk na rodoviária

Luana Karlla Marques Fernandes, 24, moradora em Goiânia (GO) e Luana Silva Santos, 27, residente em Aparecida de Goiânia, acabaram presas no início da tarde desta terça-feira (26/2), em Dourados, por tráfico de entorpecentes.

O flagrante, feito pela GMD (Guarda Municipal), ocorreu no Terminal Rodoviário Renato Lemes Soares.

Ambas estavam no interior de um ônibus que saiu de Ponta Porã, com destino a Campo Grande.

Conforme o registro policial, as suspeitas levavam 33 tabletes de maconha em três mochilas, totalizando 30,4 quilos e oito pacotes de skunk, pesando 1,7 quilo.

Questionadas, disseram ter juntado R$ 7 mil realizando programas sexuais em Goiás e se deslocaram até o Paraguai para comprar o entorpecente. A intenção era revender as drogas em Goiânia.

Inicialmente elas foram encaminhadas ao 1º Distrito Policial, mas por afirmarem ter adquirido a maconha e o skunk em território paraguaio, acabaram levadas à delegacia da Polícia Federal, mas lá, voltaram atrás e contaram ter comprado do lado brasileiro.

douradosnews

Posts Relacionados

Facebook Comments