Corinthians empata e continua sem vencer no Itaquerão

Em jogo marcado como o último evento-teste do estádio Itaquerão antes da Copa do Mundo, o Corinthians empatou com o Botafogo por 1 a 1, neste domingo, pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A partida desta tarde não teve todos os setores abertos da nova arena. A parte Norte Superior foi vetada pelo Corpo de Bombeiros e não terá um teste sequer antes da estreia do Brasil no Mundial. Já o Sul Superior foi a novidade em relação ao primeiro teste, quando o Corinthians levou 1 a 0 do Figueirense.

Até aos 20 min do primeiro tempo, ainda era possível ver os torcedores corintianos correndo para assistir ao jogo. Mesmo assim, conseguiram ver o primeiro gol da equipe na nova arena, marcado por Jadson, aos 24min.

Com o resultado, o Corinthians registrou a sua segunda partida sem vencer no seu novo estádio, mas chegou à vice-liderança da tabela, com 16 pontos. Já a equipe do Rio somou nove, mas ficou ainda ameaçada pela zona do rebaixamento.

Com exceção do belo gol de Jadson, o primeiro tempo do confronto foi muito fraco tecnicamente, com as equipes impondo muita disposição e correria e poucas jogadas bem trabalhadas no ataque.

No Botafogo, a ausência do atacante Emerson, que não jogou devido ao terceiro cartão amarelo e também por causa de uma cláusula em seu contrato, e a entrada de Ferreyra, fizeram o time carioca perder velocidade e movimentação na frente, mas ganhar no jogo aéreo.

E, assim, os visitantes criaram a melhor (e única) chance de abrir o placar. Aos 22min, após cruzamento da esquerda, o argentino cabeceou forte e o goleiro Walter, do Corinthians, fez bela defesa.

Já o Corinthians, apesar de ser mais incisivo quando tinha a bola, também cometeu muitos erros na partida. Assim, o gol acabou acontecendo em uma jogada individual.

Aos 24min, Jadson recebeu passe de Fagner na intermediária, escapou de Bolatti e chutou colocado, fazendo o primeiro gol oficial do Corinthians na o estádio Itaquerão.

Na etapa final, a equipe paulista recuou e “chamou” o adversário para o seu campo de defesa. Com isso, encontrou espaços na defesa botafoguense e conseguiu criar as melhores oportunidades de ampliar o marcador.

No entanto, o ataque corintiano ora errava o último passe, ora parava nas mãos do goleiro Renan, que salvou o time carioca em pelo menos dois lances claros.

E o castigo pelas chances desperdiçadas veio aos 41min, quando o lateral Edilson chutou cruzado e o zagueiro Cleber desviou a bola para o fundo do gol de Walter, selando o empate.