BR-163 estará duplicada em cinco anos

A duplicação da BR-163 e a implementação das melhorias na via serão concluídas em cinco anos. A promessa é do presidente da Concessionária de Rodovia Sul-Mato-Grossense S.A./CCR MS Via, Maurício Negrão, em visita à Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Sistema Famasul). O dirigente participou da reunião da Diretoria Executiva da entidade no dia 29 de maio, da qual fazem parte vice-presidentes representando sindicatos e produtores rurais de todas as micro regiões de Mato Grosso do Sul.

 

A CCR MSVia é uma empresa do grupo CCR, criada especificamente para responder pela duplicação do trecho da BR-163 que atravessa o Estado. Durante a reunião, o dirigente detalhou o plano de reconstrução da rodovia, prevendo o investimento de R$ 5 bilhões no Estado.

 

Em leilão realizado pela Agência Nacional dos Transportes Terrestres (ANTT), o grupo CCR obteve a concessão sobre a rodovia por 30 anos, assumindo o compromisso de duplicar 818,6 quilômetros em solo sul-mato-grossense. “É o nosso maior desafio: a duplicação de 800 quilômetros em cinco anos”, afirmou Negrão.

 

Com previsão para início efetivo da duplicação em junho, a concessionária já implementou atividades iniciais como poda e desobstrução vegetal da rodovia. Negrão ouviu dos representantes dos produtores necessidades específicas em partes estratégicas do trecho, tais como adequação para o trânsito de máquinas e equipamentos, previsão de pontos para a passagem do gado e pedageamento.

 

O presidente da concessionária disse que toda a extensão da rodovia terá cobertura de circuitos de TV, com centro operacional instalado em Campo Grande. No Estado, o trajeto passa por 19 cidades lindeiras e terá no projeto 62 trevos e 16 passarelas. A previsão da CCR MS Via é gerar três mil empregos nos cinco primeiros anos de concessão.