Alô, mãe?!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Toridia Paes fez 01.05 fez 104 anos idade 

 

Aquela madrugada ainda não virou dia. Aquele telefone ainda toca! Está ligado há mais de seis anos. Nele já dialoguei com o inferno, com o desespero, com minhas angustias. Mas, na mesma linha também visitei minha infância, nossos instantes, nosso amor e marcamos a data para a sua eternidade.

O telefone ainda conserva o sal das minhas lágrimas, o som do meu choro e agora, unido ao tempo, deu de zombar a morte e a gargalhar da prepotência de quem ousa achar que mãe tem final! Nosso passado não passa. Renova-se a cada manhã; e no meu amanhã estarás ainda mais viva! Inocente é o filho que acredita na morte da mãe!

Sempre que preciso tenho seu colo; as lembranças vivem coladas em mim e intermediam esse privilégio. E assim, o telefone segue tocando a vida pra frente, agendando encontros e desencontros, e seguindo a ordem natural da vida; mesmo quando vida e morte resolvem desobedecer a natureza!

Feliz eternidade das Mães!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Homenagem Para Todas Mães Belavistense!

 

 Prefeito Douglas Gomes e Familia

 

Texto Escrito Josyel Carvalho

Posts Relacionados

Facebook Comments