Vítimas de violência doméstica recebem acompanhamento e orientação de militares

Vítimas de violência doméstica recebem acompanhamento e orientação de militares

opantaneiro

Em Bonito além de reprimir a violência doméstica levando os agressores à justiça, foi realizado o acompanhamento e a orientação das mulheres vítimas de violência com o programa institucional PROMUSE (Programa Mulher Segura).

As vítimas são visitadas por uma equipe da policia militar, a qual relata ao MPE (Ministério Público Estadual) e ao Juiz a situação em que se encontram, inclusive avaliando se o autor ainda oferece perigo a estas.

Com isso, a Polícia Militar em Bonito trabalha incessantemente para coibir essa prática que tem perturbado a comunidade Bonitense. Os militares perceberam ainda, que a mulheres vítimas tem se encorajado a denunciar os seus agressores e se sentem seguras com atuação policial.

Romper o ciclo de opressão e denunciar as agressões pode garantir que a história das vítimas de violência doméstica não sofram um trágico final. Há dispositivos, como as medidas protetivas, que atuam na defesa dessas mulheres. Há vários canais disponíveis para denúncia e esclarecimentos acerca da violência doméstica, bem como sobre quais os direitos delas. Confira:

Ligue 180: é uma central telefônica que atua como um disque-denúncia. É um programa nacional que recebe denúncias de assédio e violência contra a mulher e as encaminha para os órgãos competentes.

190: telefone da Polícia Militar. Tanto este contato quanto o 180 são serviços gratuitos que funcionam 24 horas, todos os dias da semana, inclusive finais de semana e feriados.

Clique 180: aplicativo para celular que traz diversas informações importantes, como os tópicos da Lei Maria da Penha.

Posts Relacionados

Facebook Comments