Vereador alvo de ação contra contrabando de cigarros segue foragido

Vereador alvo de ação contra contrabando de cigarros segue foragido

O vereador Irismar Gadelha Soares, da cidade de Riacho dos Cavalos, na Paraíba (PB), investigado como responsável pela distribuição de cigarros no Nordeste do Brasil, continua foragido. Ele é um dos alvos da Operação Trunk, desencadeada pela PF (Polícia Federal) contra o contrabando de cigarros.

Em 2012, conforme a PF, um dos caminhões do vereador Irismar, que estava lotado de mercadorias do Paraguai, foi apreendido em Mato Grosso do Sul. Ele não foi localizado durante a Operação Trunk, realizada no último dia 31 de julho, quando policiais federais cumpriram mandados de busca e apreensão, também de prisão.

Durante a ação, outras quatro pessoas foram presas, entre elas, dois policiais rodoviários federais, que passaram por audiência de custódia em Campo Grande e tiveram a prisão mantida. Um motorista de aplicativo de 28 anos, natural do Paraná, que estava residindo em Campo Grande, se apresentou à PF após não ser encontrado.

A operação teve início em julho de 2018, após a apreensão de um caminhão carregado com 430 mil maços de cigarros de origem paraguaia. Ao todo, no período de um ano, outros 19 carregamentos foram apreendidos e 26 pessoas presas. Os valores dos produtos apreendidos ultrapassam R$ 70 milhões.

Foram cumpridos na Operação Trunk 15 mandados de busca e apreensão e 8 de prisão preventiva. Policiais e o vereador estão envolvidos no esquema para facilitar a entrada de produtos no Brasil.

Os mandados foram cumpridos são em Campo Grande, Dourados, Ponta Porã, Rio Brilhante e também em Embu-Guaçu (SP) e São Bento (PB). Durante a operação, houve sequestro de veículos, imóveis e valores financeiros

 

 

 

 

midiamax

Posts Relacionados

Facebook Comments