União precisa distribuir mais recursos para MS, avaliam deputados

União precisa distribuir mais recursos para MS, avaliam deputados

Parlamentares entendem que o repasse de segurança, educação e outras áreas precisa aumentar
Os deputados entendem que a União precisa distribuir mais recursos federais para Mato Grosso do Sul, assim como aos demais estados, como uma forma de repartir o que é arrecadado em impostos em todo Brasil. O assunto está em pauta nesta terça-feira (08), em Brasília.

“Mato Grosso do Sul sempre é penalizado por se um estado pequeno, na hora da distribuição de recursos federais, por isso é bom nossas autoridades acompanharem de perto, para não ficarem com a fatia menor, diferente de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais”, disse o deputado Márcio Fernandes (MDB).

Para Neno Razuk (PTB) o Estado deve ter uma parcela maior (repasse) em relação à segurança pública, já que cuida da fronteira com o Paraguai e Bolívia. “Temos que conter o tráfico de drogas e armas, por isso de mais atenção”. Ainda destacou a importância de ampliar a verba para educação.

Já Lídio Lopes (Patri) lembrou que este repasse maior aos estados, foi uma das promessas do próprio presidente Jair Bolsonaro (PSL). “Ele disse que na sua gestão será mais Brasil e menos Brasília, então confiamos que haverá esta mudança no pacto federativo”.

Evander Vendramini (PP) ainda citou a importância de “descentralizar” os recursos aos estados e municípios. “Lá é que são feitas as obras de infraestrutura, assim como gastos em saúde e segurança, por isto este repasse precisa ser maior”.

Pauta – O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) participa em Brasília, do Fórum Nacional dos Governadores, onde está em pauta o aumento de recursos federais aos estados, por meio do fundo nacional de segurança, aumento do Fundeb, novo pacto federativo e distribuição de verba da cessão onerosa do pré-sal.

Posts Relacionados

Facebook Comments