Próximo desafio é garantir PAC das Vias Urbanas para MS

O senador Delcídio do Amaral (PT) acredita que o próximo desafio da bancada que representa Mato Grosso do Sul em Brasília é garantir que o governo federal atenda o maior número possível de projetos encaminhados pelas prefeituras para obter recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) das Vias Urbanas.

“Hoje estamos finalizando uma etapa importante: a entrega das motoniveladoras que farão a manutenção das estradas vicinais, beneficiando o homem do campo, seja ele pequeno, médio ou grande produtor rural. E é importante ressaltar que, graças ao trabalho da equipe do Ministério  do Desenvolvimento Agrário, comandada aqui pelo  delegado João Grandão, e ao apoio da presidenta Dilma, Mato Grosso do Sul é primeiro estado da federação a universalizar a entrega dos equipamentos aos municípios habilitados a recebê-los. Agora, todos nós, senadores e deputados federais, sob a coordenação do Vander (Loubet, coordenador da bancada), e junto com a Assomasul (Associação Sul-mato-grossense de Municípios) e o governo do estado, temos um novo desafio.

Trabalhar novamente em conjunto para que todas as prefeituras selecionadas no PAC das Vias Urbanas sejam efetivamente contempladas com os recursos, para que elas possam investir em pavimentação,  sinalização,  drenagem, ciclovias e em um novo ordenamento viário, oferecendo mais conforto e segurança a quem vive na cidade”, afirmou Delcídio, durante a solenidade de entrega de motoniveladoras a 13 prefeituras de diferentes regiões do estado,  realizada nesta segunda-feira, 3 de fevereiro, em Jardim.

O evento finalizou o processo de entrega de motoniveladoras iniciado no ano passado, que contemplou todos os 74 municípios sul-mato-grossenses com até 50 mil habitantes, em um investimento de aproximadamente R$ 40 milhões do governo federal. Nesta terça-feira receberam os equipamentos as prefeituras de Alcinópolis, Bataguassu, Bela Vista, Bodoquena, Bonito, Corguinho, Dois Irmãos do Buriti, Guia Lopes da Laguna, Jardim, Paraíso das Águas, Paranhos, Rio Negro e  Rochedo.

Emendas – O senador lembrou que, agora, as emendas individuais apresentadas pelos parlamentares ao Orçamento da União são impositivas e terão que ser pagas pelo governo federal.

“Vamos correr contra o tempo para garantir que todas as emendas dos 8 deputados federais e 3 senadores que representam Mato Grosso do Sul em Brasília sejam liberadas antes do período eleitoral, para que as obras comecem o mais rápido possível, entre elas o Hospital de Jardim, que já conta com R$ 4 milhões, fruto de emendas individuais minha, dos deputados Vander Loubet (PT) e Antônio Carlos Biffi (PT), e do senador Rubem Figueiró (PSDB), no valor de R$ 1 milhão cada uma. Isso prova que começamos bem o ano”, frisou.

Estiveram presentes à solenidade os prefeitos  de Jardim, Erney Cunha Barbosa (PT), Guia Lopes, Jácomo Dagustin (PMDB), Rio Negro, Gilson Antônio Romano (PMDB), Alcinópolis, Ildomar Carneiro Fernandes (PMDB), Paraiso das Águas, Ivan da Cruz  Pereira (PMDB), Bela Vista, Renato de Souza Rosa (PSB), Rochedo, João Cordeiro (PMDB),  Paranhos, Júlio César de Souza (PDT), Dois Irmãos do Buriti, Wladimir de Souza Volk (PMDB), Bodoquena, Jun Iti Hada (PMDB), Bonito, Leonel Lemos de Souza Brito (PTdoB), Corguinho, Dalton de Souza Lima (PMDB), Bataguassu, Pedro Caravina (PSDB).

Também prestigiaram o evento os  prefeitos Manoel Viais (PT), de Caracol,  Heitor Miranda (PT), de Porto Murtinho,  Selso Lozano (PT), de Antônio João,  Gerson Garcia (PSB), de Nioaque, e Douglas Figueiredo (PSDB), de Anastácio, além do senador Waldemir Moka (PMDB), deputados federais Vander Loubet (PT), Reinaldo Azambuja (PSDB) e Geraldo Rezende (PMDB), o deputado estadual Marcio Monteiro (PSDB), dezenas de vereadores e diversas lideranças comunitárias da região.