Prefeitura suspende licitação de R$ 17 milhões que previa recapeamento em 5 regiões

Motivo é tempo insuficiente para responder questionamento de empresa

A Prefeitura de Campo Grande suspendeu licitação de R$ 17 milhões que prevê recapeamento nas regiões do Anhanduizinho, Lagoa, Bandeira, Centro e Prosa. O motivo, segundo publicação no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) desta terça-feira (14), é tempo insuficiente para responder questionamentos de empresas.

Para o lote 1, que se refere ao Anhanduizinho, estão previstos R$ 3,1 milhões; lote 2, R$ 5,1 milhões; lote 3, R$ 4,1 milhões; R$ 5,4 milhões para o último lote. As propostas seriam abertas na quarta-feira (15), a partir das 8 horas.

Agora, o município responde ao questionamento e deve abrir novamente a licitação, marcando nova data para conhecimento das propostas. No Diogrande nem no Portal da Transparência não constam a empresa que entrou com recurso ou o teor da indagação.

 

midiamax