Polícia Militar prende três pessoas por Tráfico de Drogas em Três Lagoas – K9 em ação

Três Lagoas (MS) – Na data de ontem, dia 16 de janeiro de 2020, aproximadamente às 10h50, após denúncia anônima via COPOM (Centro de Operações da Polícia Militar – 190), a equipe do CANIL do 2º Batalhão de Polícia Militar deslocou até a região chamada “Cascalheira” (local bem isolado e de vegetação nativa densa, rio etc, corriqueiramente rota de criminosos), onde supostamente estaria ocorrendo crime de tráfico de drogas.

Em diligências pelo local, a guarnição da PM, juntamente com a cadela K9 Mara, sem saber exatamente quem seriam os autores do crime, resolveram abordar um veículo Gol, de cor branca, com duas mulheres e um homem em seu interior, que estava pela região.

Ao chegarem perto do carro, os policiais notaram que de súbito a cadela mudou o comportamento, indicando que algo estava errado, o que reforçou a suspeita da prática do ilícito.

Foi verbalizado às três pessoas que estavam no veículo que elas estariam em abordagem policial e perguntado se haveria algo de ilícito no carro, sendo alegado pelas mesmas que apenas tinham um cigarro de maconha. Ato contínuo, foram contidas as ocupantes do carro e solicitado ao motorista para acompanhar a busca veicular. Na busca, a K9 logrou êxito em detectar 21 envólucros de substância esverdeada aparentando ser maconha, embalados individualmente à vácuo, preparados para venda.

Após isso a Guarnição da PM realizou busca pessoal nas três pessoas que estavam no Gol. Com a abordada 1 foram encontrados um cigarro da mesma substância esverdeada, R$ 303,70 em notas diversas e moedas e documentos pessoais, além disso a autora afirmou ser de sua propriedade os 21 envólucros para venda. Com a abordada 2 foram encontrados R$ 1.421,00 em notas diversas, uma trouxinha embalada à vácuo com a mesma substância esverdeada, além de documentos pessoais. Com o abordado 3 foram encontrados apenas documentos pessoais e do veículo.

Por último, depois de outras diligências e procedimentos de praxe, foi dada voz de prisão ao abordado e às duas abordadas e conduzidos com o apoio da Força Tática à Delegacia de Polícia Civil para registro do Boletim de Ocorrência, com observância dos direitos constitucionais e legais.

 

Assessoria de Comunicação do 2º BPM.

 

    

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui