Ocorrência Policial de Bela Vista

Ocorrência Policial de Bela Vista

Perturbação do trabalho e/ou sossego alheios

 

Bela Vista – MS. Na data 10/11/17, sexta-feira, por volta das 21h20 a PM foi chamada a Rua Athanázio Gomes Mello, bairro Água Doce através do 190 para atender a uma solicitação de perturbação da tranquilidade. No local, a comunicante, 25 anos de idade informou que o autor, 38 anos de idade foi seu namorado, entretanto, não tem mais nada com o mesmo e sempre que ingere bebida alcoólica, fica perturbando e incomodando. Diante ao verificado, o autor foi conduzido no compartimento de presos até a Delegacia de Polícia Civil para as providências necessárias, sem uso de algemas, entregue sem lesões corporais aparentes e em aparente estado de embriaguez.

 

Conduzir veículo sob efeito de álcool

 

Bela Vista – MS. Na data 11/11/17, sábado, por volta das 00h10, na Avenida Teodoro Sativa, altura do bairro Baixada Fluminense equipe de Rádio Patrulha visualizou, passando pelo quebra-molas em frente ao Fórum, uma motocicleta transitando em alta velocidade, um motociclista que não obedeceu ordem de parada na Rua barão de Ladário, passando por várias outras ruas, Visconde de Taunay, Eduardo Peixoto e Antônia Vargas Rosa, sendo abordado quando chegou a Avenida Teodoro Sativa. Nesse momento, foi constatado que se tratava de uma motocicleta Honda/CG 125 Titan, cor vermelha, placa de Bela Vista/MS, conduzida por um homem de 26 anos de idade, que não possui Carteira Nacional de Habilitação ou Permissão para conduzir veículo automotor. No momento da abordagem, o condutor apresentava sinais de embriaguez, tais como dificuldade no equilíbrio, vermelhidão nos olhos e odor etílico, e ao ser indagado, confirmou ter ingerido cerveja antes da abordagem policial, na residência de sua genitora, no bairro “Nunca Te Ví”. Foi encaminhado à DP para providências e a motocicleta removida ao órgão estadual de trânsito.

 

Conduzir veículo sob efeito de álcool

 

Bela Vista – MS. Na data 12/11/17, domingo, por volta das 10h40, na Rua Santo Afonso, proximidades ao ginásio municipal Túlio Loureiro,

a PM foi acionada via telefone 190, para atender uma ocorrência de acidente de trânsito – atropelamento, onde o autor encontrava-se em visível estado de embriaguez alcoólica. No local o comunicante relatou que uma senhora de 54 anos de idade encontrava-se estacionada na via e sentada em sua motocicleta de origem estrangeira Taiga RX 200, cor vermelha, placa 757 BSR, quando foi atropelada por outro motociclista de 32 anos de idade, o qual conduzia a motocicleta de origem estrangeira, Taiga, cor preta, placa artesanal 238 SAT – Paraguay, no sentido de deslocamento sul x norte, em ziguezague, sendo que após o atropelamento, o acusado, que sofreu uma queda, tentou evadir-se do local, conduzindo a motocicleta, porém foi impedido pelo comunicante. Que foi constatado que o motociclista encontrava-se em visível estado de embriaguez, dificuldade no equilíbrio, odor etílico no hálito, olhos vermelhos, arrogante e exaltado, onde o mesmo assumiu que havia ingerido bebidas alcoólicas (cerveja) e não possui CNH e nem documentação da motocicleta conduzida. A vítima não sofreu lesões, ficando no local aos cuidados do comunicante. O acusado foi conduzido a delegacia de Polícia Civil, onde foi entregue sem lesões corporais aparentes, para as providências cabíveis. A motocicleta foi removida ao órgão estadual de trânsito.

 

Lesão corporal

 

Bela Vista – MS. Na data 12/11/17, domingo, por volta das 19h55, na Rua Alaíde da Silva Correa, Costa e Silva a PM foi acionada via telefone 190, por uma mulher de 32 anos de idade que relatou que seu ex-amásio, 31 anos de idade havia chegado na residência muito alterado, vindo a danificar as portas da casa, sendo que neste momento o mesmo veio a entrar em vias de fato com o atual amásio da solicitante, 30 anos de idade. Populares alertaram sobre um indivíduo ensanguentado, o qual estava frente um salão de cabelereiro, na Rua Coronel Ponce, onde já haviam solicitado a ambulância municipal. Na chegada da ambulância foi constatado que a vítima que estava sendo socorrida, tratava-se do acusado, ex-amásio da comunicante. O homem sofreu cortes profundos em ambas as mãos, o qual foi medicado no Hospital São Vicente de Paula e após liberado. Que devido os envolvidos apresentarem versões diferentes do mesmo fato, todos foram encaminhados a delegacia de Polícia Civil, para as providências cabíveis. O outro homem envolvido apresentava hematomas no rosto e braço.

 

 

Tráfico de drogas

Bela Vista – MS. Na data 12/11/17, domingo, por volta das 19h00, na rodovia que liga a MS-384 a rodovia BR-267, durante patrulhamento na citada via que dá acesso a Fazenda Margarida, num local de plantação agrícola, policiais militares lotada no Grupamento da Polícia Militar Ambiental de Bela Vista avistaram a camionete VW Amarok, diesel, cor cinza e placas de Adamantina-SP, parada na estrada e diante da suspeita foi feita a abordagem e foi verificado que não havia condutor ou outra pessoa, tratando-se de um veículo abandonado. Um pneu traseiro estava estourado, e em seguida foi verificado grande quantidade de substancia análoga a maconha que estava na carroceria e banco traseiro. Em checagem no sistema policial não foi encontrado registro de furto ou roubo para o veículo. Diante dos fatos o veículo foi guinchado até a sede da PM de Bela Vista, onde após contabilizada e pesada a substância, totalizou um mil e sessenta e um tabletes que juntos pesaram novecentos e oitenta e um quilos e quinhentos gramas do material. Após, o veículo e todo o material descrito foi apresentado na DP de Bela Vista para as providências.

Tráfico de drogas

Bela Vista – MS. Na data 10/11/17, sexta-feira, por volta das 14h20, durante fiscalização nas proximidades da Fazenda Maragaria policiais militares do GPM de Alto Caracol perceberam que um veículo GM Ágile, de cor prata, placas do município de São José do Rio Preto SP, bem como um veículo GM Cruze, de cor preta, trafegavam em atitude suspeita pela  estrada que dá acesso a rodovia BR 267. Abordados um dos veículos GM Ágile  que provavelmente realizava o serviço de “batedor”, veículo este conduzido por um goiano de 31 anos de idade tendo como passageira uma mulher de 25 anos de idade, também moradora de Goiânia GO. Que após rápida entrevista disseram que um outro veículo de cor preta, havia retornado, informando o local de destino. Os PMs seguiram em direção a uma lavoura de soja localizando o veículo Cruze de cor preta, placas de Dourados – MS, que estava com a direção e portas travadas. Foi solicitado apoio da PM de Jardim, que compareceu ao local nos apoiando na condução da ocorrência, sendo necessário quebrar o vidro da porta dianteira, lado esquerdo, para realizar a revista em seu interior, onde foi localizado no porta malas, bem como no assoalho, uma grande quantidade de material com cheiro e características análogas a maconha, bem como dois pares de placas, um de Campo Grande – MS e outro de Goiânia- GO, todas condizentes com o veículo GM Cruze de cor preta. No local, um agricultor informou que o veículo adentrou a propriedade e minutos antes da chegada a viatura policial, o condutor fugiu para a mata. Os autores num dado momento disseram que realizavam o serviço de “batedor”, porém logo em seguida, negaram o fato. Foi dada voz de prisão ao casal, sendo estes encaminhados ao hospital São Vicente de Paula para realização de exame de corpo delito e logo em seguida encaminhados à delegacia de Bela Vista para as medidas que o caso requer. Realizada checagem dos veículos, sendo o GM Cruze produto de roubo/furto. O veículo GM Ágile foi encaminhado ao pátio da DP. Após pesagem e contagem do entorpecente foram totalizados quinhentos e quarenta e sete tabletes, pesando quatrocentos e quinze quilos.

 

 

 

Posts Relacionados

Facebook Comments