Nova Andradina: Pecuarista paulista é autuado em mais de R$ 20 mil pela PMA de Batayporã

Imagens: Divulgação / PMA

Neste sábado (10), policias militares ambientais de Batayporã, durante vistoria em uma propriedade rural no Distrito de Nova Casa Verde, em Nova Andradina, autuaram um pecuarista residente em Presidente Bernardes (SP) em R$ 11.100,00 devido ao fato de ele ter em depósito 100 dúzias de lascas de madeira bem como 80 palanques todos oriundos do estado do Pará.

Os policiais constataram que o homem não possuía documento de origem da madeira estando assim em desacordo com legislação ambiental vigente. Além da multa, ele foi autuado e pode pegar pena que varia de seis meses a um ano de detenção, caso seja condenado.

Cb image default

Agrotóxicos 

Ainda na mesma propriedade, os policiais descobriram que o pecuarista também armazenava agrotóxicos de forma incorreta. Mais de 20 embalagens do produto estavam espalhadas em um galpão, junto com produtos veterinários e equipamentos de montaria.

Devido ao armazenamento ilegal das embalagens, o homem foi autuado em mais R$ 10.500,00 e foi autuado novamente por crime ambiental, podendo pegar de um a quatro de detenção.

Posts Relacionados

Facebook Comments