Lesão de Arthur pode colocar ideias de Tite à prova na Seleção

Lesão de Arthur pode colocar ideias de Tite à prova na Seleção

Durante a preparação da Seleção Brasileira na Granja Comary, Tite foi questionado se o atual elenco, convocado para disputar a Copa América, é superior ao grupo que foi à Copa do Mundo da Rússia, ano passado, também sob a sua batuta.

“Principalmente no setor de meio-campo, no quarteto. Ele proporciona formatações diferentes, sim. Com diferentes composições”, cravou o gaúcho.

Quis o destino que justamente o setor central da equipe ganhasse um problema de última hora. Arthur levou uma pancada no joelho direito ainda durante o primeiro tempo do amistoso contra Honduras e pode ser desfalque para a Seleção na estreia do torneio continental, agendada para às 21h30 (horário de Brasília) de sexta-feira, contra a Bolívia, no estádio do Morumbi.As ideais de Tite, então, podem ser colocadas à prova, caso o ex-gremista realmente não reúna condições de jogar. Após passar por exames, Arthur ficará entregue aos fisioterapeutas e está vetado dos treinamentos até segunda ordem.

Na Seleção Brasileira, o reserva imediato do atleta do Barcelona é Allan, que inclusive entrou em seu lugar frente aos hondurenhos “para ser esse jogador de infiltração”, como explicou Tite.“Casemiro com Arthur. Casemiro com Fernandinho. Casemiro com Allan. Eles te dão três combinações que, conforme o jogo te pedir, tu podes trabalhar”, disse Tite, antes de se alongar na resposta tática.

“Com Casemiro e Arthur, tu tens um articulador e um jogador mais posicional, e tu tens o teu lateral para um plano médio, senão fica exposto o lado direito”, detalhou, deixando claro como o posicionamento do meio de campo do Brasil pode influenciar no jogo de Daniel Alves.

“Pode ter Arthur e Fernandinho, dentro desse mesmo princípio. E pode ter Fernandinho com Casemiro para dar uma liberdade maior para o lateral ser criador e ter recomposição”, concluiu.Nessa terça, Tite terá, a exceção de Arthur, todo o restante do elenco à disposição para o treinamento no estádio do Pacaembu. A princípio, o momento tático será fechado à imprensa. A definição da equipe, porém, só deve sair na quarta, em atividade totalmente privada, ou seja, sem a presença de jornalistas no mesmo palco paulistano.

gazetaesportiva.

Posts Relacionados

Facebook Comments