Jardim entra no cenário do ecoturismo e abre as portas para investidores

O Município polo do Sudoeste do Estado de Mato Grosso do Sul, Jardim, localizada a 1.260 km de Brasília, tem buscado referência junto ao país e o mundo desde o início da nova gestão municipal. O atual prefeito Erney Cunha Bazzano Barbosa, tem se dedicado, juntamente com sua equipe de Planejamento, a chamar a atenção da mídia para os grandes potenciais do município, muitos inexplorados.

 

Jardim está localizada a 239 quilômetros da capital do Estado, a 1.148 quilômetros da cidade de São Paulo e é composta de uma sede municipal, do Distrito do Boqueirão, dois assentamentos do INCRA e um loteamento fora do perímetro urbano.

 

 

 

Tem ao norte o município de Bonito, ao sul, Bela Vista ao sul, Caracol e Porto Murtinho a oeste e Ponta Porã a leste, estando estrategicamente localizada ao centro, tornando-se assim o município polo do sudoeste do Estado, utilizada para simpósios, encontros intermunicipais, feiras e fóruns com bastante frequência. Devido a sua posição geográfica, Jardim também foi escolhida para receber o Aterro Consorciado e o Hospital Regional que irão atender as demandas de diversos municípios.

 

 

 

Além do potencial econômico estar ligado ao trânsito quase que obrigatório para quem se destina a estes municípios, o turismo de eventos está consolidado em Jardim, oportunizando um dos melhores carnavais do Estado, que chegam a atrair 15 mil foliões por noite.

 

 

 

Quando observamos o fato que o município tem 24.440 habitantes, de acordo com o IBGE, temos a dimensão do que significam os números do carnaval. Fato similar acontece no Réveillon e no Festival das Águas, um evento científico cultural que debate as questões da finitude das águas do mundo e as ações para preservá-la.

 

 

 

Outro atrativo para o visitante que vem a Jardim é natureza quase que intocada, uma raridade nos dias de hoje onde o potencial para o ecoturismo é enorme a ainda pouco explorado no município.

 

Como parte da Serra da Bodoquena, Jardim, principalmente as margens do Rio da Prata, oferece um dos melhores locais para a prática da flutuação, mergulho, camping, observação de pássaros e demais atividades do setor.

 

 

 

Os cinco atrativos que funcionam atualmente em Jardim, o Balneário Municipal, o Camping e Balneário do Assis, o Buraco das Araras, a Lagoa Misteriosa e o Recanto Ecológico Rio da Prata, levaram o nome do município para todo o mundo destacando a região como um dos principais polos ecoturísticos brasileiros. Além disso, o sistema de organização das atividades turísticas é considerado um modelo no país.

 

 

 

O Rio da Prata localizado a apenas 36 km de Jardim oferece momentos ímpares aos amantes da flutuação e os visitantes ainda podem aproveitar para observar as aves e outros animais silvestres. O local é um imenso aquário de águas cristalinas e extremamente rico em vida animal e vegetal. Aos aventureiros ainda é possível fazer um mergulho com equipamento por 30 minutos.

 

 

 

Outra excelente opção de visitação é o Balneário Municipal. Banhado pelo Rio da Prata o Balneário possui uma ótima infraestrutura para o visitante, além de uma exuberante paisagem natural que enche os olhos de quem vê.

 

 

 

A Lagoa Misteriosa oferece uma experiência única com os mistérios que cercam o local. Nesse lugar de beleza deslumbrante é possível fazer passeio de trilha e flutuação, mergulho com cilindro e mergulho técnico. Um ambiente ímpar que oferece aos seus visitantes a mais incrível sensação.

 

 

 

Outra trilha para se explorar é o atrativo Buraco das Araras. Uma dolina de 160 metros de diâmetro onde é possível observar inúmeras araras vermelhas. Um lugar incrível que proporciona muita paz e tranquilidade aos seus visitantes.

 

 

 

A preservação é marca dos investidores em ecoturismo em Jardim, e o município tem muito mais a oferecer. Segundo o último levantamento realizado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Jardim, o potencial para desenvolvimento do ecoturismo na região é grande e necessita de investimentos. A prefeitura ainda oferece incentivos fiscais para investidores no setor.

 

O município está localizado a 400 km do porto mais próximo, na cidade de Corumbá, um dos maiores portos fluviais do Brasil. Apesar do grande potencial ecoturístico e da sua base econômica estar alicerçada no setor de serviços, a região tem muito a oferecer em agropecuária e na indústria.

 

 

 

Da área total do município, cerca de 60% é composta de áreas de pastagens naturais, onde a criação de gado ganha grande destaque, mas também se criam aves, caprinos e ovinos, com um número significativo de estabelecimentos destinados a estas criações, por conta desta oferta, a cidade é um local ideal para abertura de um frigorífico ou demais indústrias do ramo.

 

As inúmeras plantações de verduras também são importantes e colaboram para o crescimento da economia, bem como as plantações de diversos tipos de frutas tropicais que ainda não são exploradas. Na produção de grãos, estão incluídas as culturas de arroz, soja, algodão, milho, sorgo e trigo.

 

 

 

O setor de indústria, mesmo sendo pequeno, possui um papel importante na cidade. Um exemplo é a mini-indústria de carretinhas para motos que possui destaque por exportar para Jardim e regiões vizinhas. 

 

 

 

Com o intuito de gerar emprego e renda à população carente o artesanato é outro atrativo da cidade. Assim como o osso, o couro, a madeira e metais são utilizados para confeccionar belas peças e muitos deles já foram exportados para fora do Brasil.

 

Jardim possui ainda uma mina de água natural explorada em pequena escala. Essa água é engarrafada e vendida na cidade e regiões vizinhas. Além disso, o município possui enorme potencial para exploração de minérios. No solo há grande ocorrência de calcário.

 

 

 

Jardim é uma cidade rica de belezas naturais e de gente trabalhadora que sabe como receber visitantes e turistas. De gente que reconhece o potencial do município e se esforça para fazer dali um lugar cada vez melhor para se viver, conhecer e se encantar. 

 

 

 

Ali está sendo implantado um hospital regional para melhor atender moradores e visitantes da cidade. E para a população e pessoas que moram nas regiões vizinhas, logo Jardim será um polo federal com a chegada do Instituto Tecnológico Federal. Excelente para àqueles que desejam adquirir mais conhecimento.

 

 

 

O município só tem a crescer e caminha a passos largos rumo a novos tempos de mais desenvolvimento e qualidade de vida para todos que ali vivem e visitam. Jardim é o município cheio de gente que sorri, que trabalha. Cheio de belezas naturais e culturais. Cheio de vida. Cheio de oportunidades.

 

Hudson Lauro