Grupo da Rússia investirá  R$ 8,2 bilhões em fábrica de fertilizantes

Grupo da Rússia investirá R$ 8,2 bilhões em fábrica de fertilizantes

O conglomerado russo Acron Group vai investir R$ 5 bilhões na Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados da Petrobras (UFN-3), em Três Lagoas, e pagar R$ 3,2 bilhões à Petrobras pelas obras executadas, além dos R$ 40 milhões a 178 fornecedores que levaram o calote da estatal brasileira. Esse é o compromisso a ser firmado com a assinatura do contrato até setembro deste ano, que sacramenta a transferência integral da unidade para a empresa russa.

Este processo de venda, anunciado em outubro do ano passado e que teve seis empresas interessadas –,  caminhou para a finalização quando, no dia 9 de maio deste ano, a Petrobras divulgou na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) fato relevante no qual dava-se início às negociações, em regime de concessão de exclusividade com o grupo Acron, por um período de 90 dias. Um mês antes, em abril, o Correio do Estado divulgou, após ouvir o senador Pedro Chaves (PRB-MS), que o conglomerado russo teria fechado o pré-acordo para adquirir o controle acionário da UFN-3.

Antes de colocar à venda a fábrica de fertilizantes, a Petrobras investiu R$ 3,2 bilhões para executar 83% das obras – a estimativa era de o comprador ter de investir mais US$ 600 milhões (cerca de R$ 2,4 bilhões) para que a obra fosse concluída. Este valor, contudo, deve ter aumentado com o passar dos anos, já que a construção está parada desde 2014, o que acarreta desgaste natural.

Fonte Correio do Estado

Posts Relacionados

Facebook Comments