Governo adia solução de conflito entre índios e produtores para janeiro

O conflito agrário entre indígenas e produtores rurais em Mato Grosso do Sul deve ter soluções apresentadas em 7 de janeiro. Em nota divulgada nesta segunda-feira (23), o Ministério da Justiça afirma que, na ocasião, serão divulgadas a avaliação do valor das áreas abrangidas pela Terra Indígena Buriti e as soluções jurídicas construídas para viabilizar um acordo entre as partes.

A reunião será realizada em Brasília e terá participação do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, do governador do Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), e de representantes delideranças indígenas e produtores rurais.

Segundo a nota do ministério, as propostas são fruto da mesa de diálogos instituída pelo governo federal em parceria com o governo do estado para reduzir a tensão na região e resguardar os direitos das partes envolvidas. Na ocasião, haverá sequência do diálogo sobre outras áreas de conflito.