Governador irá se reunir com presidente Dilma hoje em Brasília

O governador André Puccinelli (PMDB) irá viajar hoje (13) a Brasília, para comparecer em reunião com o ministro da Casa Civil, Aluízio Mercadante e com a presidente Dilma Rousseff. O encontro está marcado para as 18h. O governador se limitou apenas a dizer que serão tratadas questões administrativas.

Ainda no período da manhã, antes desta viagem, está previsto uma reunião do governador com o deputado federal Paulo Pereira da Silva, o “Paulinho da Força”, que está em Campo Grande e vai realizar uma convenção do partido Solidariedade (SDD), às 10h, na Capital.

Sobre a reunião em Brasília, André ressaltou que recebeu uma ligação do ministro Aluízio Mercadante o chamando para participar deste encontro.

“Devo conversar com o Mercadante e depois com a presidente, a princípio iremos discutir questões administrativas em relação ao governo estadual”, afirmou André.

Em relação a assuntos políticos de Mato Grosso do Sul, André afirmou que não teve acesso aos “detalhes” do encontro, pois foi apenas chamado para esta reunião com o governo federal.

“O que sei é que vamos discutir questões de obras e projetos do PAC (Programa e Aceleração do Crescimento)”.

O secretário estadual de Obras, Edson Giroto (PMDB) reconheceu que esta “conversa” entre André e Dilma pode provocar “mudanças no quadro eleitoral” do Estado.

Pauta – O secretário estadual de Planejamento e Tecnologia, Carlos Alberto Negreiros, ressaltou que o governador deve discutir projetos e investimentos nas rodovias e ferrovias no Estado.

Ele mencionou inclusive o Programa de Investimentos em Logística da presidente (Dilma Rousseff), que prevê investimentos neste setor.

O secretário destacou inclusive o projeto do governo estadual que visa estudar a concessão de até 11 rodovias estaduais para iniciativa privada, fortalecendo a produção e dando condições para expansão econômica.

Carlos Alberto Negreiros ainda citou possíveis conversas em relação à priorização do ramal (ferroviário) Campo Grande – Ponta Porã para fazer a integração econômica com o Paraguai.

O governador também já citou que a rodovia BR-419 deve estar na pauta deste encontro com a presidente Dilma Rousseff.