Governador determina suspensão de concurso ao tomar conhecimento de parentesco de elaborador das provas com um dos inscritos

O governador André Puccinelli acaba de determinar a suspensão das provas do concurso para Fiscal de Rendas e Agente Tributário Estadual da Secretaria de Estado de Fazenda, ao tomar conhecimento da existência de parentesco de um dos elaboradores das provas com um candidato.  A decisão foi tomada tão logo o governador recebeu uma correspondência do advogado Leonardo Avelino Duarte, comunicando-lhe ter descoberto entre os 12 mil inscritos um parente seu.

 No documento o advogado pediu o seu desligamento, tendo em vista estar configurada uma proibição objetiva para que ele continue entre o elaboradores. Diante disso, o governador determinou à Secretaria de Administração a imediata suspensão das provas previstas para os dias 23 de fevereiro e 9 de março.

“Acima de tudo está o nosso compromisso com a lisura do processo. Todos os questionamentos anteriores foram esclarecidos à Justiça, que nos garantiu a realização do concurso. Mas, este fato novo é insuperável. Por isso determinei a suspensão das provas”, disse o governador.