Gestores já podem registrar informações de famílias que recebem Bolsa Família

Os gestores municipais e estaduais já podem registrar o cumprimento das condicionalidades de saúde de mais de 11 milhões de famílias que recebem o Bolsa Família e se enquadram no grupo monitorado.

O prazo para a inclusão das informações no Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família na Saúde é dia 30 de junho.

O registro deve ser feito em relação a dois períodos: de janeiro a junho e de julho a dezembro.

A medida estabelece o compromisso de as famílias atualizarem o calendário de vacinação das crianças de 0 a 7 anos de idade, além de acompanhar o crescimento e o desenvolvimento infantil por meio de consultas.

O acompanhamento também vale para as gestantes, que devem realizar exames pré-natal e, após o parto, continuar o acompanhamento da própria saúde e do bebê.

As famílias que tem crianças até 7 anos, gestantes ou nutrizes devem se dirigir à unidade básica de saúde e se submeter às consultas e aos exames.

Dependendo do fluxo do serviço do Município, o acompnhamento é feiro por meio da visita das equipes aos domicílios.

O descumprimento de condicionalidades levam desde a simples advertência até a suspensão do benefício. (Agência CNM, com informações do MDS)