Frigorifico Balbinos começa a receber currículos para contratação de pessoal

Frigorifico Balbinos começa a receber currículos para contratação de pessoal
Frigorifico Balbinos começa a receber currículos para contratação de pessoal –
Foto: Marcos Tomé/Região News
A previsão é que numa primeira etapa o frigorífico, projetado para abater até mil cabeças de gado, comece operando com o abate de 300 cabeças”

Frigorífico Balbinos já iniciou o processo de seleção destinado à contratação de aproximadamente 200 funcionários que vão trabalhar na unidade quando iniciar o processo de abate. Por enquanto, a empresa está recebendo currículos que podem ser enviados para o email rh.balbinos@gmail.com.

Os candidatos terão de comprovar experiência e morar em Sidrolândia. A empresa oferece café da manhã, almoço, ambulatório médico e cesta básica, além é claro, de salário compatível com a função.

Estão sendo oferecidas vagas para nutricionista (em regime de prestação de serviço) e para os seguintes setores: na área de abate – encarregado, magarefes, faqueiros e balanceiro. Miúdos – encarregado e faqueiros. Caldeira – encarregado e operadores de caldeira. Operadores de sala de máquinas. Encarregado de limpeza e higienização; encarregado de curral.

A parte de construção civil do prédio e instalação dos equipamentos já está concluída e atualmente o frigorífico já emprega aproximadamente 60 pessoas, abrangendo setor administrativo, portaria e manutenção. A previsão é que numa primeira etapa o frigorífico, projetado para abater até mil cabeças de gado, comece operando com o abate de 300 cabeças.

O funcionamento da unidade na plenitude da capacidade dependerá da agilidade do Governo do Estado de concluir a via de acesso à indústria, uma avenida de 4 quilômetros que começa na MS-162, implantada provisoriamente em 2014.

Falta fazer a travessia sobre uma nascente que estava na dependência de licenciamento ambiental. Em 30 dias será aberta a licitação para a duplicação da MS-162, com dois trevos, entre a rotatória da BR-060 com os acessos ao frigorífico e ao Complexo de Armazenagem da Lar Cooperativa.

Toda área por onde passará o traçado planejado já foi escriturada pela Prefeitura, depois de ser doada ao município pelos dois proprietários em julho de 2014. Num entendimento intermediado pelo corretor Clédio Santiani, a doação das áreas (8,4 hectares da propriedade de Ivone Soares e 5,4 de Paulino Straliotto) livrou o município de pagar pelo menos R$ 1,380 milhão de indenização, tomando como base o valor de R$ 100 mil por hectare.

Investimento

O projeto do Frigorífico Balbinos começou em 2013, com previsão na época, de serem investidos R$ 12 milhões, sendo que R$ 4 milhões foram aplicados só na aquisição do antigo matadouro.

O projeto de transformar o antigo matadouro num frigorífico moderno com capacidade para abater até 1.000 cabeças por dia foi anunciado em janeiro de 2013. O foco será abastecer os grandes mercados consumidores (São Paulo e Rio de Janeiro) e o mercado externo.

O Grupo Balbinos é sediado em Campinas, interior de São Paulo, atuando há mais de 30 anos no segmento de carne bovina, com distribuidora e indústria frigorífica. Está presente em Mato Grosso do Sul desde 2011, tendo arrendado por dois anos uma unidade industrial de Nioaque.

 

Flávio Paes/Região News

Posts Relacionados

Facebook Comments