Exército destrói 1.241 armas de fogo irregulares apreendidas em MS

Exército destrói 1.241 armas de fogo irregulares apreendidas em MS

O Exército Brasileiro destruiu em Campo Grande 1.241 armas de fogo irregulares apreendidas pelas forças de segurança de Mato Grosso do Sul. A ação, denominada Operação Vulcão, foi realizada pelo 9° Batalhão de Suprimento, ligado ao Sistema de Fiscalização de Produtos Controlados da 9ª Região Militar. O material bélico estava sob tutela do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul).

Segundo nota, a medida faz parte de um acordo de cooperação técnica firmado entre o Conselho Nacional de Justiça e o Exército Brasileiro. A parceria tem como objetivo intensificar a entrega e a destruição de armas de fogo e munições apreendidas, que estejam sob a guarda do Poder Judiciário e que não interessam mais à persecução penal, no entanto não se enquadram às normas para doação aos Órgãos de Segurança Pública e às Forças Armadas.

A ação foi realizada na semana passada, porém divulgada apenas nesta terça-feira, e contou com o apoio de militares do 9º Batalhão de Engenharia de Combate, do 18º Batalhão de Transportes e da 14ª Companhia de Polícia do Exército. Ao todo foram destruídas, além das 1.241 armas de fogo, também 313 armas brancas como facas e punhais, e 591 lunetas.

midiamax

Posts Relacionados

Facebook Comments