Executado por tiros de fuzil era chefe de segurança da Assembleia Legislativa

Executado por tiros de fuzil era chefe de segurança da Assembleia Legislativa

O policial aposentado Ilson Martins de Figueiredo,62, executado na manhã desta segunda-feira na Avenida Guaicurus, era Gerente de Segurança da Assembleia Legislativa de Campo Grande. A vítima trabalhou na casa de leis por 4 anos.

A Polícia Civil continua as investigações e apura as circustâncias do crime. Ainda na manhã desta segunda-feira (11), uma picape Fiat Toro foi encontrada totalmente queimada na Rua Piracanjuba, próximo a Avenida Três Barras e a polícia acredita que o veículo pode estar envolvido no caso.

Crime

Segundo a PM, a vítima seguia na avenida sentido Unidade de Pronto Atendimento (UPA) quando foi surpreendida pelos criminosos. Após ser atingido pelos disparos, o homem perdeu o controle da direção, entrou na contramão e derrubou muro de galpão. Ainda de acordo com a polícia, o veículo da vítima está ligado a uma pessoa da Assembleia Legislativa de Campo Grande.

Equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada no local, mas a vítima já estava sem sinais vitais. O Batalhão de Choque da Polícia Militar também foi acionado para dar apoio.

Fonte: Correio do Estado

Posts Relacionados

Facebook Comments