Do gol ao ataque: cinco testes que Tite ainda pode fazer na Seleção Brasileira

Do gol ao ataque: cinco testes que Tite ainda pode fazer na Seleção Brasileira

Com a Seleção Brasileira já garantida na Copa do Mundo da Rússia em 2018, imaginava-se que Tite usaria os últimos jogos das Eliminatórias para realizar experiências e dar oportunidade para alguns jogadores que não vinham sendo chamados. No entanto, o treinador preferiu manter a base e só fez mudanças na equipe por causa de contusões e suspensões.

Cássio, do Corinthians, Fred, do Shakhtar Donetsk, Arthur e Luan, ambos do Grêmio, e Diego Tardelli, do Shandong Luneng-CHI, foram algumas das “surpresas” de Tite nas convocações para as recentes partidas contra Equador, Colômbia, Bolívia e Chile. Pouco para uma Seleção que conta com tantas opções.

E com a chegada de mais uma convocação, agora para os amistosos contra Japão e Inglaterra, em novembro, as especulações em torno de quem será chamado voltam à tona. Tite deu a entender que o grupo está praticamente fechado, mas ainda dá tempo de fazer testes. A Jovem Pan apresenta cinco posições e alguns jogadores que o treinador ainda pode observar. Confira:

Goleiro

Ao que tudo indica o camisa 1 da Seleção Brasileira na Rússia será Alisson. Seu reserva imediato também parece estar definido. Ederson agrada a comissão técnica e vem fazendo grandes partidas com a camisa do Manchester City. Resta saber quem seria o terceiro goleiro.

Na briga: Cássio, que foi chamado nas últimas duas convocações, e Vanderlei, que faz grande Brasileiro pelo Santos.

Lateral-direito

Se na lateral-esquerda Tite não sabe quem deixar de fora (Marcelo, Filipe Luís ou Alex Sandro), na direita a dúvida é quem levar para ser opção caso Daniel Alves não possa entrar em campo. Fagner foi o mais chamado pelo treinador, mas o lateral do Corinthians ganhou recentemente a concorrência de Danilo, do Manchester City. Fabinho, do Monaco, corre por fora na briga.

Zagueiro

Miranda e Marquinhos são os donos da zaga e Thiago Silva a primeira opção no banco. Resta saber quem vai ocupar a quarta vaga na zaga: Rodrigo Caio, Jemerson, Geromel ou David Luiz? Opções não faltam, e cada um tem sua particularidade. O são-paulino agrada o treinador. Jemerson foi o último chamado. Geromel faz boa temporada no Grêmio e David Luiz também atua como volante.

Meia

Se não acontecer nenhum imprevisto, Tite deve levar a Seleção Brasileira ao Mundial com um meio de campo formado por Casemiro, Paulinho, Renato Augusto e Philippe Coutinho. E pelo que eles vem jogando com a camisa canarinho e em seus clubes, não devem decepcionar. Mas quem ficaria no banco?

Fernandinho parece ser o reserva imediato de Casemiro. Willian é o 12º jogador de Tite. Restariam, portanto, duas vagas. Nas últimas convocações, o treinador chamou Luan, depois Arthur, ambos do Grêmio. O primeiro joga mais à frente, o segundo mais recuado.

Outros lembrados por Tite foram o volante Fred e o meia Diego. Douglas Costa, da Juventus, também pode ser uma opção.

Atacante

Os torcedores brasileiros estão confiantes que a dupla de ataque do hexa será formada por Neymar e Gabriel Jesus. Jogando juntos há pouco mais de um ano apenas, os atacantes fizeram com que o Brasil voltasse a ser temido pelos adversários. Foi assim nas Eliminatórias e, tudo indica, será assim na Copa do Mundo de 2018.

Resta saber, portanto, quais jogadores poderiam ser convocados para servirem de opção para o treinador. Tite vem chamando Roberto Firmino e recentemente convocou Diego Tardelli. Diego Souza, do Sport, que no início do ano vestiu a amarelinha, parece ter sido esquecido. Corre por fora Richarlison, do Watford, que faz grande início de temporada no futebol inglês.

Posts Relacionados

Facebook Comments