Deputados de MS aprovam obrigação de lista de plantonistas em hospitais

G1 MS

 

 

Deputados estaduais durante sessão desta quarta. Foto: Giuliano Lopes/ALMS

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul aprovou, na sessão desta quarta-feira (2), projeto de lei que obriga a fixação de lista de médicos plantonistas, bem como os profissionais responsáveis pelo plantão, em hospitais e unidades de saúde no estado. A matéria passou pelo crivo dos deputados em segunda votação e aguarda sanção do governador André Puccinelli (PMDB).

 

Segundo informações do legislativo, o texto propõe que, além do nome completo do médico, sejam disponibilizados foto, número do registro profissional, especialidade e nomes dos responsáveis administrativos e dos médicos responsáveis pela chefia do plantão nos respectivos dias e horários dos plantões.

 

A ideia do projeto, segundo o deputado Amarildo Cruz (PT), autor da proposição, é auxiliar na fiscalização os serviços prestados na capital e no interior do estado.

 

Pauta

 

Ainda segundo a Assembleia Legislativa, outras duas matérias foram aprovadas em segunda votação na sessão desta quarta. Uma delas prevê a criação de 100 cargos para a Agência de Defesa Sanitária Animal e Vegetal de Mato Grosso do Sul (Iagro), sendo 50 apenas para o cargo de fiscal estadual agropecuário. A segunda dispõe sobre a obrigatoriedade do Selo Procel de eficiência energética nos anúncios de máquinas e aparelhos consumidores de energia.