Corinthians faz piada machista no Twitter, pede desculpa e reclama de “interpretação negativa”

Corinthians faz piada machista no Twitter, pede desculpa e reclama de “interpretação negativa”
  • Jovem Pan

Enquanto comemorava a vitória do Corinthians no clássico contra o Palmeiras, o clube alvinegro passou do ponto: publicou uma mensagem machista no Twitter e recebeu muitas críticas. Logo depois o clube apagou a mensagem e divulgou uma nota oficial para pedir desculpas e reclamar de “interpretações negativas”.

A publicação continha uma notícia sobre Leila Pereira, conselheira do Palmeiras. O Corinthians escreveu: “Respeita as minas” e “sem mimimi” com hashtags. Naturalmente isso deu a entender que a palmeirense não merecia ser respeitada.

sso fica ainda mais agravado porque recentemente o Corinthians fez uma campanha para valorizar o futebol feminino, com uma campanha chamada justamente de “Respeita as minas”.

Na nota oficial o Corinthians pediu desculpas e disse que apagou a mensagem por causa da “interpretação negativa que parte de sua torcida e de vários dos coletivos feministas com os quais se relacionou para construir a campanha”.

Veja a nota oficial completa:

“O Sport Club Corinthians Paulista retirou do ar o tweet que utilizou a #RespeitaAsMinas devido a interpretação negativa que parte de sua torcida e de vários dos coletivos feministas com os quais se relacionou para construir a campanha. Em nenhum momento o objetivo da postagem foi ofender ou diminuir a importância da luta pela igualdade entre homens e mulheres em qualquer contexto. Em respeito ao lugar de fala das mulheres que se manifestaram, o clube pede desculpas aqueles e aquelas que tenham se ofendido e reitera seu compromisso com essa luta que é de todos”

Posts Relacionados

Facebook Comments