Com novos aceleradores lineares, Mato Grosso do Sul será autossuficiente no tratamento de radioterapia

Com novos aceleradores lineares, Mato Grosso do Sul será autossuficiente no tratamento de radioterapia

Campo Grande (MS) – Mato Grosso do Sul ganha reforço no tratamento contra o câncer com dois novos aceleradores lineares no Hospital Regional de Mato Grosso do Sul Rosa Pedrossian (HRMS) e no Hospital do Câncer Alfredo Abraão (HCAA). Com os novos equipamentos, o Estado será autossuficiente no tratamento de radioterapia.

O governador Reinaldo Azambuja destacou que a aquisição dos novos equipamentos para radioterapia é resultado do trabalho conjunto entre Governo do Estado, Ministério da Saúde e Sistema Único de Saúde (SUS). “Essa é uma luta de todos nós. Poderemos avançar no tratamento contra o câncer, principalmente na radioterapia, e com isso reduzir a fila de espera”, afirmou.

O Governo do Estado assinou nesta quarta-feira (4.7) ordem de serviço da obra de construção do bunker e área de atendimento do setor de radioterapia no HRMS, com investimento de R$ 10,5 milhões. A previsão é concluir em julho de 2019. No Hospital Regional, além da radioterapia (acelerador linear), haverá a construção da sala onde será feita a braquiterapia, um tipo de radioterapia interna, que usa a radiação em contato com o local da doença. A obra faz parte do projeto de reestruturação do HRMS.

O diretor-presidente do HRMS, Justiniano Vavas, destacou que o novo acelerador linear será mais um incremento no tratamento contra o câncer, umas das referências do hospital. “Nossos pacientes, além da quimioterapia, terão à disposição o acelerador linear para radioterapia. Com esse incremento, vão melhorar os resultados do tratamento”, disse. O HRMS atende atualmente 650 pacientes no tratamento contra a doença.

O secretário de Estado de Saúde, Carlos Coimbra, explicou que no período de um ano o Estado recebeu seis aceleradores lineares, tornando Mato Grosso do Sul autossuficiente nas demandas de radioterapia. “Esperamos, de uma vez por todas, atender a população que tanto precisa deste importante tratamento. Vamos zerar a demanda por radioterapia”, disse.

Novo acelerador linear vai possibilitar atender maior número de pacientes no Hospital de Câncer.

Hoje também foi inaugurado o acelerador linear do Hospital de Câncer. Graças a tratativas entre o Governo do Estado, HCAA e Ministério da Saúde, o hospital recebeu um novo acelerador linear, em maio de 2017. O aparelho que estava em Goiânia (GO), foi doado a Mato Grosso do Sul para substituir o antigo aparelho que estava em funcionamento.

O Governo do Estado repassou R$ 2,7 milhões de recursos para a obra de ampliação do local (sala) e readequação e reforma do bunker. Após a conclusão da obra, foi necessário aguardar uma equipe que veio do exterior para fazer a instalação do equipamento.

Com o novo acelerador a estimativa é de que os atendimentos realizados no hospital passem de 50 para 100 por dia, diminuindo o tempo de tratamento para o paciente.

O Hospital Universitário também deverá receber investimentos de R$ 6 milhões do Governo Federal para obras do bunker/acelerador linear. Esses aceleradores fazem parte de programa do Ministério da Saúde que visa a expansão da radioterapia no Sistema Único de Saúde.

Também estavam presentes o representante do Ministério da Saúde, Thiago Rodrigues dos Santos, deputados estaduais professor Rinaldo, Mara Caseiro e Onevan de Matos e a vereadora enfermeira Cida.

Airton Raes e Paulo Fernandes – Subsecretaria de Comunicação (Subcom)

Fotos: Chico Ribeiro

Posts Relacionados

Facebook Comments