Com licitação homologada, Câmara prevê pontos eletrônicos até abril

Com licitação homologada, Câmara prevê pontos eletrônicos até abril

Empresa vencedora do certame ofereceu serviço, além de cartões de visita, por R$ 65 mil

“Em abril, no máximo, deve estar em funcionamento”, afirma o presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, vereador João Rocha (PSDB). A licitação, cuja vencedora foi a empresa Ahgora Sistemas com o preço de R$ 65 mil, foi homologada na quarta-feira (dia 10).

Agora, o próximo prazo é da entrega de equipamento, explicou o dirigente. O setor administrativo vai levantar, a partir do número de servidores municipais, quantos relógios de ponto serão necessários para atender a Casa de Leis.

Além da locação dos equipamentos de registro de frequência, a empresa vai vender 500 cartões para visitantes da Câmara Municipal.

De acordo com o que disse anteriormente o presidente da Câmara, o ponto eletrônico faz parte de um acordo com o MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul), cujo combinado foi que a instalação deve ocorrer até agosto de 2018.

A regra de controle por meio eletrônico vai, segundo Rocha, abranger todos os servidores públicos da Casa de Leis. São 500 funcionários, que hoje assinam folha de presença.

Posts Relacionados

Facebook Comments