Com "gol da parceria", Serc derrota Guia Lopes e se sagra campeã inédita

Diego foi quem mandou a bola para o fundo das redes, mas metade do gol é de Bruno. A insistência do camisa 9, que passou por dois marcadores e dividiu com o terceiro, já nos minutos finais de partida – quando o placar zerado indicava que haveria penalidades -, selou o destino da Serc Chapadão na final da Copa Morena de futsal, na manhã deste sábado. Se não fosse Bruno ter brigado, a bola não sobraria para Diego bater na saída de Ryan, um paredão na meta de Guia Lopes da Laguna. Mas Bruno foi lá, brigou e ganhou. Para fazer nascer o gol da vitória magra. O gol da parceria. Do título inédito para a equipe de Chapadão do Sul.

Depois do apito final, choro e festa. Jogadores da Serc não contiveram a emoção e foram às lágrimas, ainda em quadra. Outros correram em direção às arquibancadas para vibrar com os conterrâneos, que viajaram mais de 300 km para prestigiar o time na capital sul-mato-grossense. O torcedor de Guia Lopes da Laguna também fez bonito no ginásio poliesportivo Dom Bosco. Com bandeiras e uniformes, todos deram um colorido especial à 36ª final do torneio mais tradicional do futsal de Mato Grosso do Sul.

Nem tudo é tristeza para quem perde. Guia Lopes da Laguna vai se juntar à Serc Chapadão na Copa dos Campeões, em compromissos contra os finalistas da Copa Centro América de futsal, do vizinho Mato Grosso. Os adversários são Jaciara e Sorriso. Será a chance de redimir uma derrota na final, mas que representa pouco diante da campanha de superação que ambos demonstraram ao longo do campeonato.

A Serc Chapadão é a 25ª equipe diferente a conquistar o título da Copa Morena, em 36 anos de história. Eles levam para casa dois troféus: o definitivo e o transitório, que só vira propriedade do clube que vencer o torneio três vezes seguidas ou cinco alternadas. Um passo já foi dado para a Serc. Que venham as próximas temporadas.

Posts Relacionados

Facebook Comments