Censo agropecuário esta sendo realizado em Bela Vista

Censo agropecuário esta sendo realizado em Bela Vista

Bela Vista (MS) – Começou dia 1º de outubro, em todo o país, o censo agropecuário. Os resultados vão ajudar a definir as políticas voltadas ao setor para a próxima década. Quantos vivem no campo, como vivem e o que produzem são algumas das questões que estão sendo levantadas no novo censo, que deve traçar um perfil detalhado da atividade rural no Brasil.

“O último censo agro foi em 2007. Já faz 10 anos e de lá pra cá, muita coisa mudou no meio agropecuário brasileiro. É um setor muito dinâmico, incorporou muitas tecnologias, muitas inovações. E o censo agropecuário vai trazer esse retrato atual”, explica o Administrador do Censo no Município de Bela Vista e Caracol – IBGE, Gustavo Martinez.

Em todo o país, 19 mil recenseadores estarão espalhados por mais de cinco milhões de propriedades.

Em Bela Vista e Caracol são nove profissionais que estão atuando. Agente Censitário Municipal, Gustavo Martinez, Agente Censitário Supervisor Monica de Abreu e Lucila Silva, além de 5 recenseadores em Bela Vista e 1 em Caracol. Recenseadores que fazem o trabalho de coleta de informações. O escritório esta em uma sala no prédio da Câmara Municipal, que foi cedido pelo presidente da câmara Xitinho.

Para cada produtor, o recenseador tem 42 perguntas básicas. Mas dependendo da diversificação da propriedade, esse leque de perguntas vai se abrindo. Só assim será possível traçar um perfil detalhado da produção e das famílias que vivem no campo.

Bela Vista e Caracol

Pequenas propriedades serão visitadas, o mapa ira identificar o que elas produzem quantas são como trabalham, tudo será descrito em detalhes e números. Essas informações vão ajudar a definir estratégias e programas pra o crescimento do setor agropecuário.

Os dados da pesquisa só serão conhecidos no ano que vem em Bela Vista, esta incluída a Aldeia Indígena Piracua.

”Determinado terreno hoje você tem vários produtores e aí cada produtor é um estabelecimento agropecuário e cada estabelecimento uma entrevista diferente, mas esta correndo tudo bem”, fala o coordenador do censo agro Gustavo Martinez.

A coleta de dados vai até o final de fevereiro do ano de 2018. A divulgação dos resultados começa em maio.

Ademir Mendonça – Fronteira News

 

Posts Relacionados

Facebook Comments