Caravana avalia alunos com problemas de visão e audição e desafoga fila do SUS na Capital

Caravana avalia alunos com problemas de visão e audição e desafoga fila do SUS na Capital

Avaliação médica lota o Parque Airton Sena onde está instalada a Caravana nas Escolas e Caravana Hospitalar. Quase 7 mil alunos da rede pública passam por avaliação após exames de visão e audição em escolas da Capital. Programa do Governo do Estado deve atender 50 mil estudantes e moradores em triagens e consultas  
Campo Grande (MS) – Quase 7 mil alunos das escolas públicas de Campo Grande, que estudam entre o 4º e o 7º ano, diagnosticados com alguma alteração visual e ou auditiva, começaram neste sábado (23) a passar pela segunda etapa da Caravana nas Escolas, que acontece no Parque Ayrton Senna.
 Nessa fase, que se estende até o dia 06 de julho, serão realizadas as avaliações médicas e os exames mais complexos que vão diagnosticar e confirmar se há necessidade do uso de óculos e aparelho auditivo.
Das 150 escolas municipais e estaduais da Capital, a Caravana da Saúde visitou as 147 unidades onde há alunos em turmas do 4º e o 7º ano.
Foram atendidos quase 30 mil alunos em 40 dias de triagem. Dos 29.153 mil estudantes examinados, 6.550 apresentaram alguma alteração visual e ou auditiva.
Foi registrado também um grande número de ausências, 29,72%. Devido a isso, haverá um recall para que os estudantes que não foram atendidos por algum motivo possam passar pelos exames iniciais. A empresa que presta o serviço passará pelas escolas novamente.
 O programa do Governo do Estado visa identificar e sanar problemas auditivos e oftalmológicos que possam ser revertidos, reduzindo as taxas de evasão escolar que muitas vezes é decorrente dessas deficiências, visuais e auditiva
No Parque Ayrton Senna também acontece no mesmo período da Caravana nas Escolas a Caravana da Saúde nos Hospitais. Nessa ação a expectativa é atender mais de 32 mil consultas de diversas especialidades e 18 mil cirurgias, também de várias especialidades.
Caravana da Saúde
Criada em 2015 pelo Governo do Estado, a Caravana da Saúde é o maior programa de regionalização da saúde já realizado em Mato Grosso do Sul. Nas primeiras ações  foram  executados mais de 850 mil procedimentos, 34 mil exames e 50 mil cirurgias, com investimento de R$ 75 milhões. Inicialmente o projeto percorreu as 11 microrregiões de Mato Grosso do Sul.
Luciana Brazil – Secretaria de Saúde
Fotos: Edemir Rodrigues – Subcom

Posts Relacionados

Facebook Comments