Brasil joga mal, mas arranca empate com a Argentina

O Brasil prolongou a crise argentina nas eliminatórias. A seleção brasileira não fez bom jogo, mas arrancou empate em 1 a 1, no Monumental de Núñez. Lavezzi marcou para a Argentina e Lucas Lima fez o gol brasileiro.

Os primeiros minutos foram de muita tensão para o Brasil. A defesa, confusa, cedeu espaços perigosos para a Argentina, principalmente pelo lado esquerdo. Lavezzi testou Alisson logo no primeiro ataque. Pouco depois, Di María explorou a desorganização brasileira, entortou David Luiz e chutou para fora.

Aos poucos, o Brasil se recompôs e a Argentina deixou de atacar com a mesma intensidade. Mesmo assim, a atuação brasileira era preocupante. O meio-campo errava tudo que tentava, Neymar parecia sentir uma pancada do início do jogo e Ricardo Oliveira era uma peça a menos, isolado, sem receber uma bola, lembrando mais o solitário Fred da Copa do Mundo do que o artilheiro do Brasileiro.

Mas a defesa era o maior problema da noite. Aos 33 minutos, em uma série de falhas brasileiras, a Argentina abriu o placar. Di María lançou Higuaín no ataque, com David Luiz completamente fora de posição. O atacante encontrou espaço para cruzar para Lavezzi, que se antecipou a Dani Alves para marcar.

Lucas Lima encontra gol de empate

A conversa no vestiário não foi o suficiente para melhorar o Brasil. A Argentina por muito pouco não iniciou o segundo tempo com gol. Banega foi bloqueado pela defesa na primeira tentativa e parou na trave na segunda. Alisson já estava fora da jogada.

Aos 11 minutos, Ricardo Oliveira deu lugar a Douglas Costa. O meia mostrou ter estrela e, no primeiro lance no ataque, recebeu cruzamento de Dani Alves e cabeceou no travessão. Na sobra, Lucas Lima completou o serviço e empatou a partida.

A entrada de Douglas Costa fez o Brasil ter pela primeira vez controle do jogo. Renato Augusto substituiu Lucas Lima pouco depois do gol e também ajudou a ganhar o meio-campo. A seleção teve seus melhores momentos, mas a boa fase não durou muito. Os minutos finais seriam de pressão argentina.

David Luiz foi expulso aos 43 minutos e os últimos instantes de jogo foram tensos. O Brasil suportou a pressão e segurou o empate na Argentina.

Posts Relacionados

Facebook Comments