Bombeiro é encontrado morto e com arma na mão no Conjunto Aeroporto

Um soldado do Corpo de Bombeiros de Campo Grande foi encontrado morto na manhã desta sexta-feira (26) em sua casa. A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar se foi suicídio, homicídio ou acidente. 

De acordo com o delegado Natanael Balduíno, da 7ª Delegacia de Polícia, Jair Macedo Junior, de 40 anos, foi encontrado por colegas de trabalho. Ele morava em um apartamento no Conjunto Aeroporto na Rua Topázio. 

O delegado contou que os colegas o encontraram porque foi até o apartamento para obter notícias do bombeiro, que estava sumido há dias. Foi quando viram ele em óbito na sua cama com uma arma na mão. Os rapazes acionaram a polícia e a perícia. 

De acordo com o delegado, o corpo estava em adiantado estado de decomposição. Ele acredita que o militar morreu há uns três dias. Segundo uma moradora do local na quarta-feira ela escutou um disparo. 

O corpo foi encaminhado ao IMOL (Instituto Médico Legal e Odontológico). O laudo pode esclarecer como o militar foi morto e apontar indícios se houve suicídio ou homicídio.