Arroba do boi fica 19,35% mais cara e preço bate outro recorde histórico

Nesse início de ano, a arroba do boi em Mato Groso do Sul, cotada a R$$ 111, já é a mais cara da história no Estado, segundo o analista de mercado Júlio Brissac. No mesmo período do ano passado, a arroba era cotada a R$ 93, aumento de 19,35%.

Por causa da Copa do Mundo, que acontece neste ano no Brasil, Júlio acredita que a demanda será maior e que o preço do gado pode subir ainda mais nos próximos meses.

A baixa oferta de gado acabou elevando o valor da carne bovina, que até já superou a alta registrada em 2010.

Nas prateleiras, o consumidor também sente a elevação do preço. É aquela velha história, o produtor vende mais caro, quem compra paga mais caro e vende por um preço mais “salgado”.

Mas apesar desse aumento, o “brasileiro vai continuar consumindo carne”, explica Júlio.

A alta na arroba do boi é resultado dos baixos estoques de gado, cenário atual em todo país. Conforme Júlio, a quantidade de abates gerou a diminuição na oferta.  “A quantidade de abates é responsável pela queda nos estoques”.

De acordo com a SFA/MS (Superintendência Federal de Agricultura de Mato Grosso do Sul), no ano passado, mais de 3,899 milhões cabeças de gado foram abatidas no Estado. Em 2012, foram 3,808 milhões.

O analista explica ainda que a diminuição no rebanho tem acontecido não só no país, mas em vários outros países. “Principalmente nos Estados Unidos e na Austrália, o rebanho já diminuiu muito”.

Ano atípico, por causa da Copa do Mundo, a pressão de demanda será forte, segundo Júlio. “Estamos em um ano atípico e isso vai gerar uma pressão no setor”.

Essa pressão pode aumentar ainda mais o preço do gado nos preços meses. “O resultado é que nos próximos meses o valor pode ficar ainda maior”.