Ao atender ocorrência, policiais militares são atacados com facão, faca, machado e madeira

Ao atender uma ocorrência de violência doméstica em Naviraí, policiais militares foram atacados e agredidos ontem (25) com facão, machado, faca e pedaço de madeira.

O fato teve início por volta das 15h, quando uma mulher de 37 anos não conseguiu impedir que o marido, Antônio Luiz da Silva, de 46 anos, batesse em sua filha de 4 anos com um galho de amora.

A polícia foi acionada e quando chegou no local Antônio pegou um facão de cortar cana e avançou contra um dos policiais.

 

Ele foi orientado a largar o objeto, no entanto, tentou ferir o militar. Um outro policial se aproximou e também tentou convencê-lo a jogar o facão no chão, mas sem sucesso.

O integrante da equipe então pegou um pedaço de pau e usou para desarmar Antônio, que chegou a sacar uma faca de sua cintura, mas ela enroscou na camiseta e caiu. Na sequência, o homem correu para os fundos do quintal e se apoderou de um machado, mas novamente foi desarmado.

Antônio agrediu o militar com socos e chutes e ainda conseguiu pegar um pedaço de pau. Ele novamente agrediu um policial, que tentava desarmá-lo. Segundo a equipe, foi preciso o uso de força moderada para conter o homem, que mesmo algemado ameaçou matar os militares.

Dois policiais sofreram ferimentos nas mãos e no rosto, enquanto um terceiro integrante da equipe teve a farda rasgada. O homem foi levado para a Delegacia de Naviraí.

Com informações Tá Na Mídia Naviraí