Análise: falta de efetividade em jogos decisivos volta a assombrar São Paulo em semana importante

Análise: falta de efetividade em jogos decisivos volta a assombrar São Paulo em semana importante

Por Leandro Canônico — São Paulo

A falta de efetividade do São Paulo em momentos decisivos volta a assombrar o time do Morumbi. O mais novo capítulo dessa história é a derrota para o Bahia, por 1 a 0, em casa, pela partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, torneio que o Tricolor jamais conquistou.

É claro que o São Paulo tem condições de virar o jogo na Fonte Nova, na próxima quarta-feira, no jogo de volta (precisa vencer por dois gols de diferença para avançar ou por um para levar a decisão para os pênaltis), mas o retrospecto desta temporada em mata-matas é motivo de preocupação.

Para explicar melhor, é preciso voltar um pouco no tempo e falar da trajetória do Tricolor nesses cinco meses de 2019. A começar pela trágica participação na Taça Libertadores da América, sendo facilmente eliminado pelo argentino Talleres na segunda fase. Relembre:

  • Talleres 2×0 São Paulo
  • São Paulo 0x0 Talleres

Depois, no Paulistão, apesar do vice-campeonato, o São Paulo mostrou dificuldade em transformar seus melhores momentos em gols – como visto novamente diante do Bahia, no Morumbi.

À exceção das quartas de final do estadual, quando eliminou o Ituano com duas vitórias, o Tricolor não fez gol no Palmeiras na semifinal (venceu nos pênaltis) e marcou só um gol na final contra o Corinthians, adversário do próximo domingo, às 19h, em Itaquera, pelo Campeonato Brasileiro.

Relembre como foi:

  • São Paulo 0x0 Palmeiras
  • Palmeiras 0 (4)x0 (5) São Paulo
  • São Paulo 0x0 Corinthians
  • Corinthians 2×1 São Paulo

Nos próximos dias, o São Paulo, terceiro colocado no Brasileirão, terá partida importante contra o Corinthians, em Itaquera, onde jamais venceu. Para piorar, o Tricolor ainda não venceu clássicos em 2019. E depois ainda precisará evitar a eliminação na Copa do Brasil fora de casa.

Para superar esse novo momento difícil, efetividade será fundamental.

Cuca tem sequência complicada com o São Paulo nos próximos dias — Foto: Miguel SchincariolCuca tem sequência complicada com o São Paulo nos próximos dias — Foto: Miguel Schincariol

Cuca tem sequência complicada com o São Paulo nos próximos dias — Foto: Miguel Schincariol

O jogo

Os primeiros minutos do São Paulo no duelo contra o Bahia deram a falsa impressão de que o time do Morumbi teria uma noite mais feliz em relação ao empate por 0 a 0 contra o mesmo adversário, no último domingo, pelo Campeonato Brasileiro.

Mas a dificuldade em acertar o gol ficou logo evidente. E o Tricolor só se arriscou em chutes de fora da área. O Bahia, por sua vez, adotou a postura de jogar no erro do rival e esperar o contra-ataque.

A estratégia dos visitantes não deu certo na etapa inicial, mas foi premiada no segundo tempo. Até por conta da lambança da defesa do São Paulo, que deu presente a Élber.

O técnico Cuca, depois da partida, avaliou a atuação do São Paulo na Copa do Brasil como superior à mostrada no Campeonato Brasileiro. Mas alertou para a falta de efetividade. A trave e o goleiro Douglas, do time de Salvador, pararam Pato no segundo tempo.

O bom jogo na visão de Cuca tem como base os números. O São Paulo teve 65% de posse de bola, 14 finalizações, sete chances reais de gol e 19 bolas levantadas na área. Mas venceu quem soube aproveitar a melhor chance que teve, mesmo que após falha do adversário.

Posts Relacionados

Facebook Comments